a

O CTO – Centro de Terapia Oncológica é uma clínica dedicada aos pacientes portadores de neoplasias, que atende particular, SUS e Convênios.

(24) 2244-2005

contato@ctopetropolis.com.br
Rua Dr. Sá Earp, 309 - Petrópolis/RJ

Notícias Recentes

Segunda - Sexta 08:00 - 18:00

Sábado 08:00 - 14:00 | Domingo - FECHADO

(24) 2244-2005

contato@ctopetropolis.com.br

Rua Dr. Sá Earp, 309

Centro - Petrópolis/RJ

Siga nos

Testagem em massa para Covid-19 feita no CTO Petrópolis gera estudo científico inédito no Brasil

Testagem em massa para Covid-19 feita no CTO Petrópolis gera estudo científico inédito no Brasil

Trabalho foi publicado na plataforma SciELO e já teve mais de 500 downloads; todos os funcionários da clínica oncológica realizaram o teste

O teste de Covid-19 em massa para os funcionários do Centro de Terapia Oncológica (CTO) de Petrópolis gerou um estudo científico inédito, feito por profissionais da clínica, médicos de outras instituições e acadêmicos. O projeto pioneiro analisa os efeitos da pandemia do novo coronavírus e a importância da testagem nas clínicas oncológicas. Com o título “Universal Screening of SARS-CoV-2 of Oncology Healthcare Workers – A Brazilian Experience”, o trabalho foi publicado na plataforma científica SciELO e já recebeu mais de 500 downloads desde que foi publicado, destacando a relevância de ampliar o debate sobre o assunto.

O estudo foi realizado pelos médicos oncologistas: Carla Ismael, Mauro Sérgio Vieira de Melo, Bernardino Alves Ferreira Neto, Julio de Melo, Renato Macario e Vinicius Agibert (todos do CTO); Christian Domenge, do Hospital 9 de Julho, em Juiz de Fora; Catarina Marchron da Silva, da Faculdade de Medicina de São Caetano do Sul; e os residentes em Oncologia Clínica Pedro Ismael, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (em São Paulo); e Lívia Moura, do Instituto Nacional do Câncer (o Inca, do Rio).

O trabalho, que se transformou uma referência sobre as medidas de combate e prevenção ao novo coronavírus entre os profissionais de saúde, pode ser acessado pelo link https://bit.ly/3irkOhs, com texto em inglês. “Com o resultado observado, os médicos puderam realizar uma avaliação epidemiológica, protegendo os pacientes. Essa testagem foi fundamental”, destaca Carla Ismael.

Teste em todos os funcionários e medidas de prevenção

Logo quando a pandemia do novo coronavírus chegou ao Brasil, o CTO testou todos os funcionários para a Covid-19, além de ter se adaptado às normas sanitárias. Ao todo, 70 pessoas fazem parte do quadro de colaboradores da clínica oncológica. Quatro pessoas – sendo três assintomáticas e uma que apresentava sintomas do vírus – testaram positivo e foram afastadas da unidade por duas semanas, até que se recuperassem.

De acordo com a oncologista Carla Ismael, essa testagem em massa proporciona atendimento de qualidade e tranquilidade tanto para os funcionários quanto para os pacientes. “Isso é fundamental, pois são pessoas que não podem viver um cenário de incerteza para trabalhar; assim como os pacientes, que muitas vezes já têm baixas na imunidade, por conta dos efeitos do tratamento. Esse cuidado é decisivo para reduzir a transmissão do vírus na unidade”, diz ela, acrescentando que o estudo foi citado até em um trabalho no Canadá.

Carla Ismael explicou ainda que evitar o contágio do novo coronavírus não é apenas uma medida de prevenção com relação à Covid-19, mas também um cuidado a mais no tratamento do paciente. “Isso também ajuda a reduzir a transmissão assintomática, além de promover o bem-estar de todos. Outro ponto importante é que as atividades do CTO não podem ser paralisadas e a realização do teste garantiu o funcionamento pleno, uma vez que só as pessoas que precisaram foram isoladas”, informa.

Por conta da pandemia, todo o espaço, localizado na Rua Dr. Sá Earp, no Centro, foi adaptado para seguir as normas de distanciamento social. Um painel de acrílico foi instalado na central de atendimento, no balcão da recepção. As regras de distanciamento também foram colocadas no salão de espera, com a redução do número de cadeiras disponíveis. Além disso, a higienização foi reforçada em toda a unidade e todos os espaços – inclusive de atendimento ao público – que contam com o álcool em gel.

* Matéria publicada no Diário de Petrópolis (04 de julho de 2020)

Não tem comentários

Deixe um comentário